NOTÍCIAS
Coronavírus: orientações práticas para assegurar continuidade do fluxo de mercadorias na UE

24 de março de 2020

A Comissão Europeia publicou hoje novos conselhos práticos sobre as modalidades de aplicação das suas orientações para a gestão das fronteiras, a fim de salvaguardar a continuidade do transporte de mercadorias em toda a UE durante a atual pandemia.

 

Para garantir que as cadeias de abastecimento à escala da UE continuam a funcionar, os Estados-Membros são convidados a designar, sem demora, os pontos de passagem autorizados, com relevância no âmbito da rede transeuropeia de transportes (RTE-T), que constituirão os pontos de passagem das fronteiras com vias reservadas, os ditos «corredores verdes». Estes deverão estar abertos a todos os veículos de carga, independentemente das mercadorias que transportam. A passagem da fronteira, incluindo todas as verificações e rastreios sanitários, não deverá demorar mais de 15 minutos.

Nas palavras de Adina Vălean, comissária dos Transportes: «A rede de transportes da UE liga toda a União. O nosso documento de orientação tem por objetivo proteger as cadeias de abastecimento da UE nestas circunstâncias difíceis e garantir que tanto as mercadorias como os trabalhadores dos transportes possam viajar até onde são necessários — e sem demoras. Agora, mais do que nunca, é imperativo adotar uma abordagem coletiva e coordenada do transporte transfronteiras. Os corredores verdes são também especificamente concebidos para proteger os trabalhadores dos transportes, que estão na linha da frente desta crise. Este conjunto de recomendações facilitará esta missão, já de si desgastante, e irá proporcionar um aumento da segurança e da previsibilidade do seu trabalho».

 

Toda informação aqui.